XXIII Estágio de Dança de Aveiro
Curadoria

Victor Hugo Pontes

resize
José Caldeira

O Estágio de Dança ocorre em dois momentos distintos:

- Um primeiro momento dirigido a estudantes de dança, composto por aulas técnicas de dança clássica, dança contemporânea, teatro (formação que Victor Hugo Pontes considera fulcral no percurso dos bailarinos, e que vai ao encontro do caminho artístico que tem traçado – a exploração das fronteiras entre dança e teatro, movimento e palavra, texto escrito e partitura coreográfica) e laboratórios criativos, orientados por diferentes formadores de reconhecido mérito.

Os participantes estarão divididos em quatro grupos de acordo com a faixa etária: 8-9 anos; 10-12 anos; 13-15 anos; maiores de 16 anos*.

- Um segundo momento, dirigido a bailarinos profissionais ou estudantes de dança avançados (a partir dos 16 anos), com um workshop de movimento Gaga e repertório Ohad Naharin, orientado por Maya Tamir, formadora certificada de movimento Gaga e ex-bailarina da Batsheva Dance Company (Israel).

Depois do êxito na edição de 2017, este workshop dará continuidade à formação em técnica Gaga iniciada no ano passado, e integrará novos participantes.

*Maya Tamir, convidada internacional e professora de movimento Gaga, irá orientar também o laboratório criativo do grupo com maiores de 16 anos, que será dirigido em inglês.

Fará parte do programa a mostra dos projectos seleccionados em Open Call, aos quais foram atribuídas bolsas de criação: RESPIRAR RESPIGAR de Catarina Saraiva, David S. Costa e Luís Duarte Moreira e SOLO de Deeogo Oliveira e Manuel Tur e também a estreia do capítulo #happiness do projecto Uma Não História de Victor Hugo Pontes.

O Estágio de Dança culminará com a apresentação pública do resultado dos laboratórios criativos, no Teatro Aveirense.


Programa

DANÇA CLÁSSICA | LEONOR CARNEIRO

Grupo 1 (8 e 9 anos) e Grupo 2 (10 – 12 anos)

Workshop com ênfase numa abordagem consciente do movimento, apelando a uma maior compreensão e conhecimento do corpo, o que contribuirá para o aprimoramento da Técnica de Dança Clássica.


DANÇA CLÁSSICA | THERESA DA SILVA C.

Grupos 3 (13 – 15 anos) e Grupo 4 (maiores 16 anos)

Técnica de Dança Clássica abrangendo a técnica Vaganova e vários outros estilos de dança que se possam desenvolver e dançar numa aula de ballet clássico com o propósito de ter um movimento mais amplo, técnico e artístico.


DANÇA CONTEMPORÂNEA

ELISABETE MAGALHÃES | Grupos 1 (8 e 9 anos) e Grupo 2 (10 – 12 anos)

ANDRÉ CABRAL | Grupos 3 (13 – 15 anos) e Grupo 4 (maiores 16 anos)

Nesta corrente expressiva que é a dança contemporânea, tenta-se evitar conceitos e movimentos estereotipados, deixa de haver meros executantes e passam todos a ser criadores de novos modelos. O movimento é enriquecido pela personalidade da pessoa que o produz reflectindo as suas experiências artístico culturais.
Nesta técnica o corpo é o instrumento da dança, que apresenta o grande potencial da comunicação e virtuosismo.


TEATRO

SARA BARROS LEITÃO | Grupos 1 (8 e 9 anos) e Grupo 2 (10 – 12 anos)

VICTOR HUGO PONTES | Grupos 3 (13 – 15 anos) e Grupo 4 (maiores 16 anos)

Partindo do cruzamento entre a expressão do gesto em movimento e a palavra, procurar-se-á, através do improviso dirigido, extrair, tanto da criatividade em grupo como da individual, sentidos interpretativos, exploração de emoções e dinâmicas do jogo teatral. Exercitará ainda nos alunos a escrita individual para cena e o trabalho prático sobre esse material.


LABORATÓRIO DE CRIAÇÃO

CÁTIA ESTEVES | Grupo 1 (8 – 9 anos)
VICTOR HUGO PONTES | Grupo 2 (10 – 12 anos)
ELISABETE MAGALHÃES | Grupo 3 (13-15 anos)
MAYA TAMIR | Grupo 4 (maiores 16 anos)

Laboratório de Criação será um espaço de exploração e experimentação, tendo como ponto de partida a linguagem de cada coreógrafo, desmistificando o seu processo criativo. Trata-se de um laboratório altamente experimental, cujo resultado será em grande medida definido pelo contributo dos participantes face às propostas dos coreógrafos. Terá uma apresentação pública no último dia do estágio.

Ficha Artística

Parceria Nome Próprio e Teatro Aveirense.


FORMADORES


VICTOR HUGO PONTES – Curadoria, Teatro e Laboratório Criativo
Nasceu em Guimarães, em 1978. É licenciado em Artes Plásticas – Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Em 2001, frequentou a Norwich School of Art & Design, Inglaterra. Concluiu os cursos profissionais de Teatro do Balleteatro Escola Profissional e do Teatro Universitário do Porto, bem como o curso de Pesquisa e Criação Coreográfica do Forum Dança. Em 2004, fez o curso de Encenação de Teatro na Fundação Calouste Gulbenkian, dirigido pela companhia inglesa Third Angel, e, em 2006, o curso do Projet Thierry Salmon – La Nouvelle École des Maîtres, dirigido por Pippo Delbono, na Bélgica e em Itália. Como criador, a sua carreira começa a despontar a partir de 2003 com o trabalho Puzzle. Desde então, vem consolidando a sua marca coreográfica, tendo apresentado o seu trabalho por todo o país, assim como em Espanha, França, Itália, Alemanha, Rússia, Áustria, Brasil, entre outros.
Com o espetáculo A Ballet Story, foi nomeado, em 2013, para os Prémios SPA na categoria de Dança – Melhor Coreografia. Integrou o programa DanceWeb 2017 do Festival ImPulsTanz em Viena, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, onde trabalhou com Jan Fabre, David Zambrano, Doris Uhlich, Benôit Lachambre, entre outros. É, desde 2009, o Diretor Artístico da Nome Próprio – Associação Cultural.


ANDRÉ CABRAL – Dança Contemporânea
Nascido em 1990, é bailarino profissional e professor de dança. Iniciou a sua formação em 2006 com Danças Urbanas, orientado por Vasco Alves. Frequentou a Escola Superior de Dança em Lisboa e estagiou na Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo - CPBC, sob a direcção artística de Vasco Wellenkamp. Ao longo do seu percurso trabalhou com Clara Andermatt, Rui Horta, Paulo Ribeiro, Miguel Moreira, Marco da Silva Ferreira, Victor Hugo Pontes, entre outros. Colabora desde 2013 como performer com Batida, o nome de palco de Pedro Coquenão.


CÁTIA ESTEVES – Laboratório Criativo
Nasceu em 1978, Porto. Concluiu o Curso Profissional de Dança na Escola da Dança Ginasiano em 1996, e o grau de Mestrado em Ensino de Dança pela Escola Superior de Dança em 2012. Participou como intérprete em espetáculos com vários coreógrafos independentes e permaneceu no Ballet Contemporâneo do Norte durante 6 anos. Desenvolveu funções como assistente de coreografia em produções da Companhia Instável.
Desde 2006 leciona aulas regulares de Dança Clássica e Contemporâneo, em escolas de ensino artístico. Em 2012 cria o PROJETO MOVER, no qual assume funções de criação coreográfica.


ELISABETE MAGALHÃES – Dança Contemporânea e Laboratório Criativo
Começou a dançar com Alexandrina Alves Costa. Concluiu o curso de Dança no Balleteatro Escola Profissional. Frequentou a Escola Superior de Dança e, como bolseira, os Études Paris Goube e Ménagerie de Verre. É licenciada em Cinema e Audiovisual pela ESAP. Pós-graduada em Dança Contemporânea pela ESMAE / TMPorto. Como intérprete colaborou com Né Barros, Isabel Barros, Javier de Frutos, LaRibot, Tânia Carvalho, Alberto Magno, Ricardo Pais, Victor Hugo Pontes. Tem desenvolvido trabalhos na área da coreografia e vídeo. É docente do Balleteatro Escola Profissional. Frequenta o 2º ano do mestrado em Artes Cénicas na ESMAE.


LEONOR CARNEIRO – Dança Clássica
Iniciou os seus estudos no Ginasiano Escola de Dança e licenciou-se na CODARTS (Roterdão). Trabalhou na Holanda como bailarina profissional em companhias como Dance Works Rotterdam, Scapino Ballet, Gumarang Sakti Dance Company e De Stilte e colaborou com importantes nomes como Dylan Newcomb, Padma Menon, Erik Kaiel, Anne Van den Broek, Michele Pogliani, Liat Magnesy, Tom Simons, Lucy Guerin, Ed Wubbe, Jaakko Toivonen, Georg Reischl, Gerard Mosterd, Boi Gumarang Sakti, Jack Timmermans, Ives Thuwis, Keren Levi, Jack Gallagher, Youval Schacham, entre outros. É professora de Técnica de Dança Clássica no Ginasiano Escola de Dança desde 2011.


MAYA TAMIR – Laboratório Criativo e Workshop GAGA para bailarinos
Maya Tamir é uma artista que tem trabalhado no campo da dança e da performance. Estuda Coreografia na SNDO - School for New Dance Development, em Amsterdão. A sua pesquisa é focada nos significados da linguagem e na sua expressão enquanto movimento, através de práticas físicas e espirituais. Dançou com Batsheva Dance Company e trabalhou com diferentes artistas como Lilach Livne, Ariel Cohen, Gon Biran, Bobby Jene Smith, Bar Altaras May Zarhi, Noha Ramadan, entre outros. O seu interesse em ensinar gaga é a possibilidade de o movimento estar ligado a um mundo imaginário, dançar diversas texturas do nosso ser, connosco próprios.
Em 2017 integrou, juntamente com Victor Hugo Pontes, o programa DanceWEB no Festival Impulstanz em Viena.


SARA BARROS LEITÃO - Teatro

Porto, 1990. Formou-se em Interpretação pela Academia Contemporânea do Espectáculo.
Trabalha regularmente em cinema e televisão. Em teatro trabalhou com encenadores como Victor Hugo Pontes, Natália Luiza, Joana Craveiro, João Reis, Miguel Seabra, Nuno M. Cardoso, Nuno Carinhas, Gonçalo Amorim, etc, e passou por companhias e estruturas como Teatro do Bolhão, Teatro Meridional, Teatro do Vestido, Plataforma 2865, TNSJ, TEP, etc. Desdobra-se entre o trabalho como actriz, criadora, assistente de encenação e produtora e está a frequentar a licenciatura em Estudos Clássicos na FLUL.


THERESA DA SILVA C. – Dança Clássica
Iniciou os seus estudos em dança na Academia Almadense. Em 1995 terminou o curso da Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa e integrou o curso de Trainee program na Martha Graham Dance School of Contemporary Dance em Nova Iorque. Até 2001 trabalhou nos USA nas companhias Martha Graham Dance Company, Donald Byrd/The Group, Pearl Lang Dance Theater entre outras e posteriormente na Dinamarca e Brasil. É co-fundadora do QUORUM BALLET com Daniel Cardoso, onde colaborou até 2013. Lecciona regularmente em diversas instituições como EDCN de Lisboa, Escola Superior de Dança, Conservatório Escola das Artes da Madeira, Annarella Academia de Dança e Ginasiano Escola de Dança.



Contatos para inscrições:

Bilheteira do Teatro Aveirense | Rua Belém do Pará, 3810-066 Aveiro

Tel. 234 400 920 | Tem. 924 405 544

Email. farantes@cm-aveiro.pt | www.teatroaveirense.pt | www.ticketline.sapo.pt





Créditos da imagem

Créditos da imagem

Créditos da imagem

Créditos da imagem

notícias em destaque

Não existem notícias em destaque...

Próximas datas

Não existem datas agendadas para este espectáculo...

arquivo do espetáculo

2018
2 a 7 de Abril 2018
XXIII Estágio de Dança de Aveiro
Aveiro
José Caldeira
Please provide a valid video URL
close